A qualidade dos alimentos que consumimos começa nas embalagens, passa pela origem, sustentabilidade e atributos de cada produto. Aquecimento global, destruição das florestas e desperdício são alguns dos problemas que estão levando algumas famílias a mudar seus hábitos alimentares.

Churrasco, feijoada, vatapá e outros quitutes tipicamente brasileiros não serão  substituídos por receitas saudáveis, mas a tendência tem sido o aumento da produção e consumo de produtos naturais. O brasileiro está começando a conhecer frutas, folhas e temperos tipicamente brasileiros!

  • Azeite

 Ajuda na digestão, é anti-inflamatório, previne o envelhecimento precoce, ajuda a controlar a osteoporose, o nível de glicose, previne doenças cardíacas e estimula o cérebro, além de ser delicioso!
  • Frutas Secas

​Ricas em fibras e pobres em água, ajudam a combater doenças cardíacas e alguns tipos de câncer, previnem e ajudam no tratamento de osteoporose, no funcionamento intestinal e a emagrecer pelo sabor adocicado.
  • Frutas Frescas

​Fonte de fibras, vitaminas e minerais, ajudam a regular o funcionamento intestinal, o colesterol, protegem o fígado, combatem a obesidade, o envelhecimento precoce e ajudam no tratamento de pele e cabelos.
  • Ovos

​Fonte de proteínas, protegem os músculos e os ossos, diminuem a absorção de colesterol, previnem o envelhecimento precoce. Energéticos, combatem a anemia, protegem a visão, ajudam a prevenir alguns tipos de câncer.
  • Verduras e Legumes

​Ricos em carboidratos, fibras, água e vitaminas, protegem o aparelho digestivo, diminuem a incidência de alguns tipos de câncer, doenças cardíacas, obesidade, oxigenam e depuram o sangue, são energéticos, pouco calóricas, ajudam o funcionamento cerebral e diminuem a fadiga.
  • ​Mel

​Rico em carboidratos, açúcar e minerais, adoçante natural, antimicrobiano, ajuda na proteção da pele, das vias respiratórias, da pressão arterial, no tratamento de infecções urinárias e tem efeito calmante.
  • Laticínios

​Fonte rica em cálcio, vitaminas e minerais, ajuda a queimar gorduras, aumenta a sensação de saciedade, essencial no tratamento de ossos e dentes, da pele, cabelos e na oxigenação das células.
  • Grãos e Cereais Integrais

​São mais nutritivos por não passarem pelo processo de refinamento. Ricos em vitaminas, fibras e minerais, ajudam no bom funcionamento intestinal, ajudam na saúde da pele, cabelos, promovem a vitalidade e o bem estar geral do organismo pela digestão mais fácil e maior sensação de saciedade.
  • Temperos e Condimentos

​Alteram completamente o sabor dos alimentos, ajudam a prevenir várias doenças fornecendo nutrientes e ajudando a diminuir o consumo de sal. A variedade de condimentos disponíveis fornecem uma quantidade enorme de benefícios para o nosso organismo.
Foto Polina Tankilevitch

Nosso sistema digestivo necessita de nutrientes em quantidades equilibradas para funcionar perfeitamente e manter nossa saúde.

Para evitar problemas digestivos diminuindo a quantidade de remédios, o ideal é fazer 4 refeições ao dia, distribuindo frutas, hortaliças, grãos integrais, peixes, leite, ovos, e óleos vegetais em quantidades satisfatórias (sair da mesa com fome nunca faz bem). O espaçamento de 3 a 4 horas entre cada refeição costuma ser indicado pela maioria dos médicos e nutricionistas.

A hidratação também é importante e merece atenção especial para o bom funcionamento do trato digestivo. Hidratação não se resume a água, inclui chás, sucos e até aquele cafezinho gostoso depois do almoço.

Foto Bruna Branco
Foto Neosian 2020

Sugestões de Saladas, Sucos e Chás

Ingredientes que só fazem bem

 
Fotos acervo Wix, Life of Pix, Unsplash, Dreamstime, Canva, Freepik, Pixabay, Burst e particular

©2023 por DaTerra. Orgulhosamente criado com Wix.com

Salve Vidas

Fique em Casa!

Nós respeitamos sua privacidade

Todos os textos e fotos publicados neste site são de nossa total responsabilidade.

No caso de alguma irregularidade, entre em contato para a remoção do texto ou imagem.